Tabelas-Filiais

Ir para: navegação, pesquisa

Tabela de conteúdo

SAT

Menu Tabelas → Filiais → Aba. 1. Dados Gerais

Nesta tela o sistema oferece a opção de cadastrar as filiais que serão utilizadas no sistema. Este cadastro é muito importante, pois estes dados serão utilizados no momento da emissão do CT-e, MDFe, Nfe, dentro Outros, posteriormente serão cruciais na emissão dos relatórios que abrangem o sistema.


Fi1.png

Código: É gerado automaticamente pelo sistema ao confirmar o cadastro da filial.

Flag ‘Liberado’: Deixar marcado para que seja utilizado este cadastro nas demais telas do sistema, caso queira bloquear este cadastro, deve desmarcar esta opção;

Nome / Razão Social: É necessário informar o nome da filial corretamente para ser impresso no Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins;

CNPJ: É necessário informar o número do CNPJ filial corretamente para ser impresso no Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins;

Endereço: É necessário informar o endereço da filial corretamente para ser impresso no Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins;

Número: É necessário informar o número do endereço da filial corretamente para ser impresso no Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins;

Complemento: É necessário informar o complemento do endereço da filial (se houver) corretamente para ser impresso no Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins; Bairro: É necessário informar o nome do bairro da filial corretamente para ser impresso no Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins;

Cidade: É necessário informar o nome da cidade da filial corretamente para ser impresso no Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins;

CEP: É necessário informar o número do CEP da filial corretamente para ser impresso no Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins;

Inscrição Estadual: É necessário informar o número da ‘Inscrição Estadual’ da filial corretamente para ser impresso no Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins;

RNTRC: Informar o número do REGISTRO NACIONAL DE TRANSPORTADORES RODOVIÁRIOS DE CARGAS;

Validade RNTRC: Informar a data validade do registro RNTRC;

Telefone: Informar o telefone da filial para ser impresso nos Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins;

FAX: Informar o telefone fax da filial para ser impresso nos Cte, Nfe, MDFe e relatórios afins

Contato: Informar quem será o responsável pela filial;

E-mail: Informar qual será o e-mail da filial;

Empresa: Informar qual será a empresa vinculada a está filial;

Botão Importar Dados da Empresa: Importa dados básicos como Nome, Endereço, Cidade, CEP, Telefone, E-mail, CNPJ e Inscrição Estadual;

Nome Reduzido: Esse campo é restrito ao suporte intersite, se estiver em branco, falar urgente com a equipe de suporte;

Série: Informar neste campo a série do documento fiscal que será utilizado no preenchimento das viagens. Em caso de dúvidas, favor consultar o seu contador. Botão “Mudar Tipo de Emissão de CTe nas Unidades de Embarque dessa Filial”: Ao utilizar essa função, todos as unidades de embarque estão vinculadas a está filial serão trocados os tipos de emissões. Exs: 1-Normal, 5-Contingência FSDA, 7-Autorização pela SVC-RS ou 8-Autorização pela SVC-SP;


Menu Tabelas → Filiais → Aba. 2. Complemento

Nesta tela o sistema oferece as principais configurações básicas que são destinadas as regras que serão utilizadas nas filiais. Este cadastro é muito importante, pois estes dados serão utilizados no momento da emissão do CT-e, Nfe, MDFe.

Fil2.png

Taxa ISS: Informar neste campo a taxa de ISS (Imposto Sobre Serviços ou Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) desta filial;

% Máximo de Adto Mot.: Informar neste campo a porcentagem máxima que esta filial pode conceder de adiantamento ao motorista;

Cód. Contabilidade: Informar neste campo o código desta filial de como está cadastrada no sistema que faz a contabilidade da mesma;

PIS: Informar neste campo a alíquota do PIS desta filial;

COFINS: Informar neste campo a alíquota do COFINS desta filial;

CSSL/IRPJ: Informar neste campo a alíquota do CSSL desta filial;

Série Cte: Informar a série que vai ser utilizada para emissão do CTe. Na viagem, ao sair do campo Unidade de Embarque, será preenchida a serie informada nessa respectiva filial.

Série Cte outras Ufs: Informar a série que vai utilizada para emissão do conhecimento eletrônico. Na viagem ao sair do campo Unidade de Embarque e essa utiliza CTe o SAT copiará a série que está na filial.

Alíquota ICMS: Informar neste campo a alíquota do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) desta filial;

Num do Ultimo Cte: Se anteriormente emitia Cte em outro sistema, informar o número do último Cte para dar sequência;

Data Início Cte: Informar a data para dar início na utilização da sequência do Cte;

Série MDFe: Informar a série que vai ser utilizada para emissão do Manifesto de Carga;

Certidão Negativa de Débitos: Informar o número da Certidão Negativa de Débitos, será impressão no DACTE;

Botão Obter Dados FR-ADE CND: Se a filial possuir integração com FR-ADE, é possível atualizar os dados da CND;

Botão Alterar CND:Abre-se uma janela para informar o novo número e vencimento da CND;

Botão Códigos Externos: Informar os códigos externos x sistema contábeis que a filial estará vinculada para gerar nas exportações contábeis;

Flag ‘Tributa Impostos’: Se deixar marcado esta opção será calculado os impostos federais deste filial;

Flag ‘Pagar Conhecimento’: Se deixar marcado esta opção será possível pagar os conhecimentos de transporte desta filial;

Flag ‘ICMS Embutido no Frete’: Se deixar marcado esta opção, o calculo do ICMS desta filial será embutido no valor do frete. No caso, no valor de frete combinado já está incluso o valor do ICMS;

Flag ‘Obriga Número Pedido Viagem’: Se marcada essa opção, será obrigado na emissão da viagem informar o número do pedido;

Flag ‘Permite despesas da Frota?’: Se deixar marcado esta opção está filial no caso vai aceitar lançamento de despesas da frota;

Flag ‘Desc. Seguro Saldo Mot.’: Se deixar marcado esta opção, será descontado o valor do seguro do saldo a pagar do motorista das viagens que são desta filial;

Flag ‘Calcula IRRF’: Se deixar marcado esta opção, será calculado o IRRF para esta filial na emissão da viagem;

Flag ‘Mostra Internet Pagto Fornecedor’:

‘Pedágio Base ICMS’: Para essa filial, pode optar em Somar o Valor do Pedágio na base do ICMS na emissão do Cte, subtrair o Valor do Pedágio na base do ICMS ou nenhuma das hipóteses;

‘Pagar Motorista’: Para essa filial, pode optar por pagar o saldo motorista pelo Peso de saída, Peso de Chegada ou Menor Peso;

Botão ‘Alterar CND/Validade em pedidos desta filial’: Abre-se uma janela onde é possível informar um período determinado para alterar a CND vigente na filial para alguns pedidos, seja pelo número do pedido em específico ou por unidade de embarque;

‘Contador (tab. Fornecedor)’: Se informado esse campo, será exportado os dados do contador nas exportações contábeis. (Obs.: Necessário cadastrar os dados do contador em SAT → Tabelas → fornecedores e informar o código gerado do mesmo na respectiva filial);

‘CRC do Contador’: Informar nesse campo o número do CRC do contador para ser exportado na exportação contábil;


Menu Tabelas → Filiais → Aba. 3. Log

Nesta tela o sistema mostra os últimos registros das NSUs dos painéis de NFEs Destinadas e Distintas e também o nome do usuário que realizou as últimas alterações da filial, tais como quem cadastrou, alterou, etc.


Fil3.png


‘Último NSU (Painel de NFes)’: Mostra o último número de NSU (Número Sequencial Único) que o sistema gera no retorno da buscas das Nfes Destinadas (Painel Xml Nfe) consultadas na Receita Federal vinculadas ao CNPJ e Inscrição Estadual dessa filial;

‘Último NSU Painel de NFes a Transportar’: Mostra o último número de NSU (Número Sequencial Único) que o sistema gera no retorno da buscas das Nfes Distribuídas (Painel a Transportar) consultadas na Receita Federal vinculadas ao CNPJ e Inscrição Estadual dessa filial;


Menu Tabelas → Filiais → Aba. 4. NFe

Nesta tela o sistema oferece a opção de cadastrar as filiais que será utilizado no sistema. Este cadastro será muito importante, pois estes dados serão utilizados no momento da emissão do CT-e e posteriormente na emissão dos relatórios que abrangem o sistema.

Fil4.png


‘Utiliza Nfe?’: Se habilitada essa opção, essa filial estará liberada para emitir Nfe se o emissor estiver habilitado na SEFAZ;


‘Série’: Informar nesse campo a série da Nfe; Em caso de dúvidas, consulte o seu contador.


‘Versão’: Informar a versão da Nfe a ser utilizada; Em caso de dúvidas, consulte o seu contador.


‘Modelo’: Informar o modelo da Nfe que será utilizada; Em caso de dúvidas, consulte o seu contador.

‘Fuso’: Informar o fuso referente a cidade da filial;

‘Espécie’: Informar qual será a espécie a ser utilizada para a Nfe; Em caso de dúvidas, consulte o seu contador

‘Fuso Autorização’: Informar o fuso horário referente ao local da autorização;

‘E-mail Erro’: Informar o e-mail do responsável pela filial para que o mesmo receba as mensagens de erros nas tentativas de autorização do CTe;

‘E-mail Retorno’: Informar o e-mail do responsável pela filial para que o mesmo receba as mensagens de retorno ao autorizar o CTe;

‘Tipo de Ambiente’:

  • 1-Produção: Geram os valores juridicamente para a secretária de fazenda;
  • 2-Homologação: Geram alguns registros na ocasião para testes, sem valor fiscal;

‘CRT’: Código do Regime Tributário;

  • 1- Simples Nacional. (Em caso de dúvidas, consulte o seu contador.)
  • 2- Simples Nacional excesso de sublimite. (Em caso de dúvidas, consulte o seu contador.)
  • 3- Regime Normal (v2.0). (Em caso de dúvidas, consulte o seu contador.)

‘Obs NFe’: Se informado será gerada uma observação na impressão da NFe;

‘Obs Rodapé NFe’: Se informado será gerada uma observação no rodapé da impressão da NFe;

‘Obs corpo NFe’: Se informado será gerada uma observação no corpo da impressão da NFe;

Menu Tabelas → Filiais → Aba. 5. Obs.

Nesta tela o sistema oferece a opção de informar um histórico que forem surgindo nessa filial.


Fil5.png


‘Obs’:


Menu Tabelas → Filiais → Aba. 2. Sublimite → A. Dados

Nesta tela o sistema oferece a opção de cadastrar mais de uma apólice na filial, distinguindo como poderão ser utilizadas essas apólices, se a filial tiver mais de uma apólice, optando pelo tipo de transportes e seus limites máximos atribuídos a cada. Essa regra entra em vigor, na emissão do Cte, ex.: Se valor do sublimite informado na filial for superior ao que informando na emissão da viagem,

será impossível confirmar os dados da viagem e até mesmo autorizar o manifesto.


Fil6.png

‘Cod Filial’: É gerado automaticamente pelo sistema ao confirmar o cadastro do sublimite da filial;

‘Tipo Transporte’: Informar qual será o Tipo de Transporte que será utilizado nessa filial. Ex.: Granéis, Fertilizantes ou Combustíveis;

‘Nome Seguradora’: Informar o nome da seguradora dessa filial vinculada conforme ao Tipo de Transporte;

‘Valor Sublimite’: Informar o valor do sublimite da filial vinculada conforme o Tipo de Transporte;

‘Número Apólice’: Informar o número da apólice;

‘Data Vencimento Documento’: Informar a data de vencimento da apólice.

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
WebSaf
SAT Tabelas
SAT Auxiliares
SAT Cadastros
SAT Viagens
Painéis
SAT Financeiro
SAT Relatórios
Exportação - Importação
SAT Manuais/Processo
CTe
Layouts
Integrações
FAQ-Perguntas Frequentes
Apps InterSite
Diagramas
Configurações
Ferramentas